quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Mordomia

BRASÍLIA - Chamado de quarto poder da República, o Ministério Público da União leva uma vantagem considerável sobre os pares: seus integrantes recebem, em média, os mais generosos salários da administração federal. A despesa com pessoal no MPU já ultrapassa a casa dos R$ 14 mil por servidor - contra pouco mais de R$ 12 mil no Judiciário, R$ 10 mil no Legislativo e R$ 4 mil no Executivo. Descontada a inflação, essa elite do funcionalismo público ganha hoje, em média, mais que o dobro do que há dez anos. Em 1997, a União desembolsava R$ 6.637,60 por servidor do MPU, em cifras corrigidas pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O salto para o valor atual, de R$ 14.255, foi de 114,7%.

A cúpula do Ministério Público Federal foi agraciada com outra boa notícia: a compra de 70 Peugeots 307 Sedan Feline, num pacote que custou R$ 3,46 milhões ao Tesouro. Os carros zero quilômetro, que circulam pelas avenidas de Brasília há um mês, foram encomendados para substituir uma frota com apenas um ano de uso.

Fonte: O Globo

Um comentário:

Leila disse...

Que espécie de serviço público pode prestar um departamento desses? Que a Nação julgue.